27/07/2020

PNAD COVID19: 8,3 milhões de trabalhadores ficaram afastados do trabalho no final de junho

Conforme dados divulgados na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - PNAD COVID19 realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 10,1% da população ocupada estava afastada do trabalho devido a medias de isolamento social entre os dias 28 de junho e 4 de julho - cerca de 8,3 milhões de trabalhadores.

Esse contingente diminuiu em relação à semana anterior (10,3 milhões ou 12,5% da população ocupada) e frente à semana de 3 a 9 de maio (16,6 milhões ou 19,8% dos ocupados).

A PNAD COVID19 estimou em 81,8 milhões a população ocupada do país na semana de 28 de junho a 4 de julho, com estabilidade em relação à semana anterior (82,5 milhões de pessoas) e queda em relação à semana de 3 a 9 de maio (83,9 milhões de pessoas).

A população ocupada e não afastada do trabalho foi estimada em 71,0 milhões de pessoas, com aumento tanto em relação à semana anterior (69,2 milhões) quanto frente à semana de 3 a 9 de maio (63,9 milhões). Entre essas pessoas, 8,9 milhões (ou 12,5%) trabalhavam remotamente, contingente que ficou estatisticamente estável frente à semana anterior (8,6 milhões ou 12,4%) e em relação à semana de 3 a 9 de maio (8,6 milhões ou 13,4%).

O nível de ocupação foi de 48,1%, estável frente à semana anterior (48,5%) e com queda em relação à semana de 3 a 9 de maio (49,4%).

A proxy da taxa de informalidade foi de 34,2%, estável em relação à semana anterior (34,5%), porém recuando frente à semana de 3 a 9 de maio (35,7%).



Com informações do IBGE


  

Contato

Rua Uruguai, 155 / 11º andar - Sala ObservaPOA
Porto Alegre-RS/Brasil - CEP 90010-140
Fone: 55 51 3289-6664 e 55 51 3289-6684
e-mail: observapoa@observapoa.com.br

Newsletter




Desenvolvimento procempa
Prefeitura de Porto Alegre
Prêmio Cidades Sustentáveis