12/04/2017

Programa de Metas 2017-2020 de Porto Alegre promete 58 melhorias para a cidade

O Programa de Metas (Prometa) começou a valer este ano em Porto Alegre. Aprovada em 2015, a lei determina que o prefeito eleito tem que apresentar, em até 90 dias após a sua posse, um programa que contemple os quatro anos de sua gestão, contendo as prioridades, os indicadores de desempenho e as metas quantitativas e qualitativas para cada um dos eixos estratégicos de políticas públicas estabelecidas para a administração municipal. 
 
Após a entrega do Prometa, que aconteceu no final de março, começa a valer o prazo de 30 dias para as metas serem discutidas com a população. O documento entregue foi organizado em três eixos estratégicos: desenvolvimento social; infraestrutura, economia, serviços e sustentabilidade; e gestão e finanças, citando os 58 objetivos da gestão com gráficos comparando os números de anos anteriores e os previstos até 2020. 
 
Entre as promessas na saúde está a de reduzir a mortalidade materna em 17%, para manter Porto Alegre entre as 3 melhores capitais do Brasil neste tema, e, também, disponibilizar 8 unidades de atenção primária à saúde com atendimento até às 22hs. Atualmente não há nenhuma unidade de Atenção Primária à Saúde com atendimento até às 22h dirigido para a população de toda a Gerência Distrital.
 
Na educação, uma das metas é universalizar a Educação Infantil na faixa etária de 4 a 5 anos e 11 meses, garantindo o atendimento de 100% da demanda na Rede Municipal de Educação. No ano passado, 82% dos alunos foram atendidos. Também é assegurado que 65% dos alunos em anos iniciais das escolas municipais sejam proficientes em português, em 2015 eram 39%.
 
No quesito segurança, o prefeito promete reduzir em 35% o número de ocorrências de furto e roubo de veículos, tendo 11.782 ocorrências em 2016 e 7.658, no máximo, para a previsão no ano de 2020.
 
Para promover o acesso á cultura para a população, um dos objetivos é garantir que 15% da capacidade média de público dos espetáculos nos espaços municipais seja disponibilizada gratuitamente para pessoas de baixa renda.
 
No objetivo estratégico de qualificar os serviços urbanos, uma meta é aumentar para 83% o índice de tratamento de esgoto coletado, que hoje configura em 78%.
 
Veja na íntegra o Programa de Metas 2017-2020 de Porto Alegre clicando aqui.
 
Após a conclusão dos objetivos previstos no Programa de Metas de Porto Alegre, será necessário a gestão prestar contas anualmente e divulgar o processo de cada proposta para a cidade em mídias de fácil acesso, como internet e televisão.


  

Contato

Rua Uruguai, 155 / 11º andar - Sala 20
Porto Alegre-RS/Brasil - CEP 90010-140
Fone: 55 51 3289-6664 e 55 51 3289-6684
e-mail: observapoa@observapoa.com.br

Newsletter




Desenvolvimento procempa
Prefeitura de Porto Alegre
Prêmio Cidades Sustentáveis