31/01/2019

IPEA lança plataforma de informações sobre funcionalismo público

O Atlas do Estado Brasileiro é uma plataforma interativa elaborada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), e reúne informações sobre a quantidade de funcionários públicos nas três esferas governamentais, e está disponível para consulta pela internet neste link.

Conforme o levantamento do IPEA, o número de servidores públicos cresceu 83% em 20 anos, passando de 6,2 milhões em 1995 para 11,4 milhões em 2016, sem contar os trabalhadores em empresas estatais, que ficaram de fora do levantamento.

O maior crescimento foi observado no serviço público municipal, que teve aumento de 175% neste mesmo período, passando de 2,3 milhões para 6,5 milhões. Assim, a parcela de servidores públicos municipais passou de 38% para 57% do total de funcionários públicos em todo o Brasil.

Este crescimento deve-se ao aumento da municipalização do serviço público que ganhou impulso após a Constituição de 1988 - serviços de saúde, educação infantil e assistência social, por exemplo. De acordo com a análise do IPEA, 40% dos servidores públicos municipais são professores, médicos ou enfermeiros. Entre 1985 e 2003, o Brasil criou 1.456 novos municípios.

O relatório do IPEA também revela que o funcionalismo público federal é melhor remunerado. Entre 20117 e 2016, a média salarial dos servidores federais aumentou de R$ 6,5 mil para R$ 8,1 mil. No serviço público estadual esta média variou de R$ 3,5 mil para R$ 5 mil, e entre os servidores municipais passou de R$ 2mil para R$ 3 mil.

A escolaridade média dos servidores também aumentou nas três esferas de governo. Entre 2005 e 2016 o porcentual dos servidores federais com nível superior completo ou algum tipo de pós-graduação subiu de 45% para 78%. Entre os servidores estaduais, este aumento foi de 28% para 60%, e e de 19% para 38%, entre os servidores municipais.

Sobre o Atlas

O Atlas do Estado Brasileiro foi desenvolvido por pesquisadores da Diretoria de Estudos e Políticas sobre o Estado, Instituições e Democracia (Diest) do Ipea, como uma plataforma de dados sobre o setor público, na qual o usuário pode cruzar informações, ver gráficos e baixar tabelas.

O trabalho partiu de uma integração de bancos de dados. A maior parte das informações vem da Relação Anual de Informações Sociais (Rais), do MTE, com apoio de outros cadastros, como os do Ministério do Planejamento e da Secretaria do Tesouro Nacional, além de pesquisas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


  

Contato

Rua Uruguai, 155 / 11º andar - Sala 20
Porto Alegre-RS/Brasil - CEP 90010-140
Fone: 55 51 3289-6664 e 55 51 3289-6684
e-mail: observapoa@observapoa.com.br

Newsletter




Desenvolvimento procempa
Prefeitura de Porto Alegre
Prêmio Cidades Sustentáveis